Marmota Brasil

Traduzir - Translate - traducir -übersetzen - traduire

EMAIL

SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO E-MAIL MARMOTABRASIL.RJ.SP@GMAIL.COM -- BRASILIA E GOIÁS E MINAS GERAIS MARMOTABRASIL_DF@YAHOO.COM.BR -- RIO GRANDE DO SUL E ENTORNO MARMOTABRASIL_RS@YAHOO.COM.BR
PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO MARMOTA BRASIL

Clique aqui para responder ao questionário

domingo, 26 de abril de 2015

PAI NECO DE OXALÁ, MÃE ANA DE OYÁ, MÃE ANDRESSA.

E A BAGUNÇA NO RIO GRANDE DO SUL CONTINUA...
ESSAS FOTOS NEM PRECISA DE UM TEXTO POIS AS MESMAS MOSTRA A PALHAÇADA DE UMA SEÇÃO RIDÍCULA AONDE OS ESPÍRITOS EVOLUÍDOS USAM CAIXAS  DE SOM, GRUPO DE PAGODE E OUTROS.















terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Candomblé da atualidade.


Yaô no Carnaval,é possivel? Aceitavel? Ou seria paenas mudanças no contexto da religião?
É assim o Candomblé da atualidade vai acabando com toda a magia e encantamento da religião, que na verdade a vergonha começa por nós mesmo!

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Pai Balduino de Oxum (BADI) na Seção de Umbanda Ogum beira Mar


Assim começa mais uma deturpação na Umbanda, como havia dito no post anterior do suposto Ogum beira Mar de Badi, ai se encontra um vídeo dele e de outros dizendo também estarem incorporados.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Suspeito de matar pai de santo a facadas, em Manaus, é preso


Raymundo Andryws dos Santos Ferreira Pereira, 25, o “Rayzinho” foi preso na manhã desta quarta-feira (9), em Manaus, como suspeito de assassinar, a facadas, o pai de santo Rafael da Silva Medeiros, 28, em 3 de maio deste ano, no bairro Cidade Nova, na Zona Norte da capital. Na época, havia suspeitas de que o crime teria sido motivado por intolerância religiosa.
“Rayzinho” foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva quando prestava depoimento na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), nesta manhã. À polícia, ele confessou o crime e alegou legítima defesa, já que, segundo ele, Rafael havia agredido e discutido com a mãe de “Rayzinho”, numa briga de vizinhos, horas antes do crime.
O caso ocorreu no final de semana de 3 de maio, na rua 93, Cidade Nova núcleo 11. Na época, testemunhas disseram que Rafael tentava apartar uma briga entre duas vizinhas, que supostamente mantinham um desentendimento por conta da escolha religiosa de cada uma. A mãe de “Rayzinho” era evangélica e a outra vizinha, colega de Rafael, era de religião de matriz africana.
“Rayzinho” esfaqueou Rafael diversas vezes, na região do pescoço e nas costas. Em defesa, ele disse que tentou proteger a mãe, já que, segundo ele, a vítima teria entrado na casa dele, destruído objetos e ainda agredido fisicamente a mãe. “Rayzinho” soube do desentendimento horas depois, e foi até a casa da vizinha, amiga de Rafael, tirar satisfações, quando tudo aconteceu.

O delegado que coordenou a prisão de “Rayzinho”, Paulo Martins, titular da DEHS, não confirmou se o assassinato de Rafael tem motivações em intolerância religiosa. Segundo ele, em nenhum momento da investigação e da colhida de provas, nem durante os depoimentos, foram encontrados indícios de que o homicídio teria tal motivação.

Intolerância
Entretanto, não é o que defende o líder da Articulação Amazônica dos Povos Tradicionais de Matriz Africana (Aratrama), Alberto Jorge, entidade que defende os direitos de tal religião. “Existem mensagens gravadas, depoimentos de testemunhas, como o da dona do terreiro, que não foram levados em conta. Afirmo que há erros na condução do inquérito”, disse.
“Os atenuantes do crime não foram levados em conta. O delegado foi muito cortês e se dispôs a nos ouvir, mas ele mostrou desconhecer a Lei 12.288 (Estatuto da Igualdade Racial). A prisão preventiva não traz para povo de terreiro do Amazonas a resposta adequada. Nosso objetivo é criar uma política de Estado para nos defender”, disse Alberto Jorge

fonte:http://acritica.uol.com.br/

Trio é condenado por morte de jovem em ritual de magia negra em MG


No momento da prisão em 2014, trio condenado debochou e faz gestos obscenos
Um trio foi condenado à prisão pela morte de Camilla Christine Oliveira Souza, 18, que foi assassinada durante um ritual de magia negra, segundo a acusação. O crime ocorreu no dia 31 de outubro de 2013, em um terreiro de candomblé localizado no bairro São Bernardo, região norte de Belo Horizonte.
O julgamento dos três se encerrou na noite desta segunda-feira (19), no Fórum Lafayette, localizado na capital mineira. Segundo a assessoria do fórum, Kliver Marlei Alves dos Santos, 25, foi condenado a 16 anos de prisão e Raony Dias Miranda, 20, recebeu pena de 13.
Warley dos Reis Valentin da Silva, 20, foi apenado com 12 anos. Inicialmente, os três vão cumprir a condenação em regime fechado.
Eles já estavam confinados em presídios das cidades de Vespasiano e Ribeirão das Neves, municípios da região metropolitana de Belo Horizonte.
A defesa dos réus informou que vai pedir a anulação do julgamento por entender que as provas contidas no processo vão contra a condenação.
Quebra de pacto
Segundo a delegada Cristiana Angelini, da Delegacia de Homicídios de Venda Nova, que cuidou do caso, testemunhas disseram que Camilla foi morta em razão de sua desistência de continuar frequentando o local e por ter quebrado um pacto com os suspeitos.
Conforme a policial, a moça mostrou sua vontade ao trio ao arrebentar um colar com chifres que usava no pescoço, o que teria provocado a ira do trio  e dado início ao planejamento de sua morte.
No dia do crime, ainda conforme a investigação, a mulher foi atraída ao local e morta a facadas. Ela teve a cabeça quase decapitada. Nesse momento, de acordo com a delegada, os suspeitos colocaram um prato para colher sangue da vítima e o beberam em seguida.
A morte de Camilla teria servido também como ritual para que os suspeitos passassem a ter o "corpo fechado" contra inimigos. A polícia afirmou que os três têm passagem pela polícia.
"Eles são criminosos contumazes. Queriam também fechar o próprio corpo contra prisões e condenações e acreditavam que com isso não seriam descobertos pela polícia", afirmou a responsável pelo caso.
O corpo da moça foi localizado na porta do local onde funciona o terreiro de candomblé. Raony Miranda era um dos responsáveis pelo local, conforme a polícia.

A delegada ainda explicou que o trio premeditou o crime, tendo escolhido inclusive a data de 31 de outubro, o Dia das Bruxas, para cometê-lo.

Fonte:http://noticias.uol.com.br/

Margot de Yemanjá

Como é o mês do Aniversário dele decidimos parabeniza-la e que tenha bons anos de vida.
O Aniversário é dele mais é você quem ganha as risadas.

Quem não se lembra da Maria Mulambê? O vídeo no youtube gerou muita repercussão














.

Rodrigo de Xangô de Ibedji Viamão - RS

Mais uma falcatrulha e patifaria, não é de hoje que este senhor vem se dizendo receber uma 
pombo-gira, nas seções dele sempre tem um joguinho de luz e uma boa comida é claro para os supostos Exús se alimentarem, neste local como eu mesmo já presenciei várias vezes os Exús vão urinar e até mesmo vomitar nos banheiros.



























domingo, 18 de janeiro de 2015

Pai Badi de Oxum - Cabinda Passo Fundo - RS

Caros amigos(as) leitores e colaboradores do MB, pediram para nossa equipe do RIO GRANDE DO SUL mostrar as casas de BATUQUE sérias que existe na Cidade de PASSO FUNDO, ERECHIM, SANTA MARIA.
Neste mesmo e-mail que nos foi enviado, pedimos que o mesmo desse um nome para então formular a postagem de idoneidade, caráter e outros... 
Quando nos foi dito que o "Único" dentro da cidade de PASSO FUNDO que levava sua casa nas mais certas regras dentro do contexto Yorubá, decidimos então ir em busca de tal fatos.l
Levamos um susto pois o "Babalorixá" Bady da suposta orixá "OXUM" (coitada de oxum, sabendo que uma porcaria dessas diz ser seu filho) já tinha cadastro no sistema do blogger.

Nem é de se admirar, o dito cujo BADY não passa de um charlatão sem escrúpulos algum, recebe OGUM na suposta UMBANDA e fala o belo Português (Aprenda, orixá em Umbanda não fala) fora que ele se "OCUPA"(vira) com sua suposta Mãe "Oxum" que também vai atras de fofocas falando com seus filhos no dialeto que usamos para se comunicar PORTUGUÊS.

É de fato um teatro circense ou melhor um Circo dos Horrores, porque ver um senhor de idade, vestido com vestidos dentro de um suposto XIRE, além de tão feio que é, posa para fotos dizendo esta incorporado com uma Bombo-Gira (Pombo-Gira).














Unbandomble

Loading...

.